Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Artigos

  18/04/2017 
DOM RODOLFO LUíS WEBER - ARCEBISPO DE PASSO FUNDO

Páscoa: Ele não está mais aqui!

O grito crucial de Jesus na cruz, na sexta-feira da paixão: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” (Mateus 27, 46) retoma todas as situações de aflição da humanidade. É expressão do medo existencial diante morte que ocupa o lugar da vida, expressa o fim de projetos e sonhos. A resposta a este grito vem no sábado santo, na madrugada do primeiro dia da semana: “Ele não está aqui! Ressuscitou, como havia dito”. “Alegrai-vos” (Mt 28,6.9)  É um grito de fé e de esperança. De fé, porque anuncia a ressurreição de Cristo, acontecida uma vez para sempre, a verdade fundamental da fé cristã; de esperança, porque anuncia aquilo que diz respeito a todos os homens e mulheres da terra quando irão vê-lo ressuscitado na eternidade.

As constantes notícias de mortes, injustiças, desonestidades, desilusões e tristezas fazem diminuir as esperanças. Isto talvez, por não termos uma ideia mais clara sobre a libertação trazida por Cristo Ressuscitado. A páscoa de Jesus Cristo inaugura a criação de uma nova humanidade. É um fato histórico e o início da transformação global do mundo. É um evento que transforma o sentido da história, indicando uma nova direção. Um evento único que revela uma espera escrita no coração humano. É único porque semelhante fato não foi documentado anteriormente.

É um acontecimento extraordinário, mas que manifesta um desejo universal da imortalidade. A ressurreição de Cristo responde as intuições, às esperanças de um destino humano aberto ao futuro, vem ao encontro do desejo humano de que a morte não seja a última palavra, que a colocação do corpo inanimado no túmulo não seja o último ato da nossa existência.

A explosiva notícia da ressurreição de Jesus mexeu profundamente com as frágeis esperanças humanas, permitindo ver Nele as primícias da nossa ressurreição, a certeza de uma vida que não acabará. A ressurreição de Cristo mostra o sentido da salvação definitiva da existência humana, por obra de Deus e diante dele.

A realidade cotidiana de sofrimento, de violência e de tantas aflições levanta o questionamento: onde está a mudança que Jesus ressuscitado operou? A Páscoa de Jesus não se transforma automaticamente no reino dos sonhos, atinge-nos no coração para nos fazer percorrer com alegria e esperança o caminho da purificação e da autenticidade, de verificação do nosso comportamento, que tem como meta a certeza de uma vida que não morre mais. 

O Cardeal Martini (1927+2012) outrora arcebispo de Milão, Itália, fala que “a páscoa não nos faz passar para um mundo irreal, mas para uma existência autêntica, uma existência de fé, de esperança, de amor: uma fé que é fonte de alegria e de paz interior, uma esperança que é mais forte do que as desilusões, um amor que é mais forte do que qualquer egoísmo. O ressuscitado está conosco e, junto com ele, somos capazes de vencer o mal com o bem, de tirar do mal o maior bem. Essa é a força e a novidade da Páscoa”.

Viver a páscoa é viver a vida nova no cotidiano da existência. 

Uma santa e abençoada Páscoa. O Senhor Jesus ressuscitou, aleluia!

Fonte: www.cnbb.org.br
Última atualização: 18/04/2017 às 07:35:35
 

Notícias Relacionadas

30/10/2017    Do conflito à comunhão
16/10/2017    Obrigado, professor
09/10/2017    300 anos de bênçãos e de graças
22/09/2017    “Lâmpada para meus passos é a tua palavra e luz no meu caminho”
21/08/2017    Ser religiosa (o)
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente este artigo

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br