Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Outras Notícias - CNBB Nacional e Arquidiocese de Fortaleza

  14/06/2018 

Em Jardim, diocese de Crato, devotos festejam Santo Antônio como modelo de santidade

Igreja Matriz. (Foto: Patrícia Silva)

 

Santo Antônio é um dos santos mais populares da Igreja Católica e na diocese de Crato a devoção a ele não diferente: quatro paróquias o têm como padroeiro, sendo uma delas a que fica em Jardim, município localizado a cinquenta e oito quilômetros da sede diocesana. Nesta cidade, os devotos o festejaram como modelo de santidade, de forma mais fervorosa, neste dia 13 de junho.

“O modo cristão que, no século XIII, Santo Antônio de Pádua viveu é profundamente atual porque era um santo de uma vida de oração intima e de um grande amor a Palavra de Deus, mas era o santo das causas sociais, preocupado com a violência, as injustiças de sua época, o empobrecimento de um povo, então, passados 700 anos, nós podemos, tranquilamente, dizer que ele continua sendo uma referência e um modelo de santidade como foi em sua época e continua sendo proposto para nós”, disse o padre Rocildo Alves, que presidiu a missa solene, parabenizando a sintonia da escolha do tema com a última exortação apostólica do papa que é dedicada a santidade.

Os festejos tiveram início no dia 31 de maio, mas a programação foi intensificada no dia do padroeiro iniciando com uma alvorada festiva, logo às 5h. Depois, às 9h, houve a primeira missa na Matriz e, ao meio dia, a salva de fogos acompanhada do repicar dos sinos. A missa solene aconteceu às 16h e a procissão, realizada em seguida, foi uma grande expressão de fé.

“Aproximadamente quarenta imagens, nos andores, acompanharam a imagem de Santo Antônio no percurso da procissão. De todas as comunidades vem uma representação para conduzir a imagem do seu padroeiro na festa do padroeiro da paróquia que é composta por todas essas comunidades. Essa ação significa a participação e também um senso de pertença das comunidades à sede da paróquia porque a paróquia não é só a cidade, mas todo o conjunto das comunidades que dão corpo a ela”, explicou o pároco, padre Idemário Muniz.

O pároco ainda avaliou como positiva a festa, em especial no campo da religiosidade e participação do povo. A reflexão feita dentro do Ano Nacional do Laicato também propiciou, segundo ele, uma maior conscientização da santidade dos leigos que se dá no dia-a-dia.

Por: Jornalista Patrícia Silva (MTE 3815/CE)

 

Fonte: Diocese de Crato
Última atualização: 14/06/2018 às 08:30:22
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.
 

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

Rua Felino Barroso, 405 -  Bairro de Fátima  •  CEP: 60050-130  •  Fortaleza - CE
Caixa Postal 126 / 60001-970  •  Fone/Fax: (85) 3252-4046

  www.igenio.com.br